Sobre a Galeria Austin

A arte moderna é empolgante. Nela existe sempre mais do que está para ser visto. Para apreciá-la de maneira correta, devemos unir o imaginário do autor com o nosso. Adicionar elementos de nosso próprio inconsciente e interpretar os signos com nossas próprias experiências e vivências. A arte contemporânea não se preocupa com a forma e sim com a experiência, com os sentimentos, e significados que os mesmo podem expor aos admiradores. Traçados assimétricos, divertidos e muitas vezes confusos elaboram diversos signos para cada significante. Apreciar em si pode ser considerado arte, assim como, praticamente, qualquer outra coisa. Por isso arte é arte.

Arte e competição