galeria competicao

Copa América especial comemora os 100 anos da competição

Para a alegria dos amantes de futebol latino e norte-americano, o ano de 2016 reserva uma grande competição continental: a Copa América Centenário. A edição especial, realizada nos Estados Unidos, comemora os 100 anos da competição. É a primeira vez na história que o torneio mais antigo do mundo é disputado fora da América do Sul. A peleja ocorrerá entre três e vinte e seis de junho. A organização do evento foi anunciada em 2012, com parceria entre a Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL) e a Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caribe (CONCACAF).

Em 2015, o torneio foi alvo de investigação do FBI. A agência especial americana apontou supostos casos de corrupção envolvendo meios de comunicação e direitos de marketing. Os valores ultrapassam os cem milhões de dólares. Na época, a realização da Copa América chegou a ser questionada. No entanto, logo foi confirmada pela Federação de Futebol dos Estados Unidos.

Em novembro do ano passado, as dez cidades-sedes foram anunciadas. Serão cinco estádios na costa leste, e cinco estádios na costa oeste. Curiosamente, oito desses estádios são usados para a prática do Futebol Americano. As cidades são: Santa Clara e Pasadena, na Califórnia; Seattle, em Washington; Glendale, no Arizona; Houston, no Texas; Chicago, no Ilinóis; Orlando, em Miami; Filadélfia, na Pensilvânia; East Rutherford, na Nova Jérsia; e Foxborough, em Massachusetts.

competicao galeria

O sorteio dos grupos ocorreu no início desse ano, em fevereiro. Dezesseis seleções foram divididas em quatro grupos. O grupo A é composto por Estados Unidos, Colômbia, Costa Rica e Paraguai; o grupo B é formado por Brasil, Equador, Haiti e Peru; já o grupo C conta com México, Uruguai, Jamaica e Venezuela; por último, o grupo D é integrado por Argentina, Chile, Panamá e Bolívia.

O Brasil, classificado automaticamente para a competição por seus resultados históricos, está em uma chave relativamente fácil. Apenas os equatorianos devem representar alguma dificuldade. Se avançar para às quartas de final, os brasileiros devem enfrentar algum dos quatro times do grupo A, considerado o mais equilibrado do torneio. Já os adversários hermanos terão pela frente a seleção do Chile, atual campeã da Copa América. Para os norte-americanos, a competição é uma ótima oportunidade para consolidar de vez o esporte no país. Nos últimos anos, as ligas profissionais tiveram investimento alto dos clubes em contratações de jogadores e em centros de treinamentos

A finalíssima será disputada no MetLife Stadium, em East Rutherford. Com capacidade para oitenta e duas mil pessoas, o estádio é a casa dos New York Jets e dos New York Giants.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *